Nós

Nosso Calendário
A Creche



A Creche Espírita Ponto de Luz foi criada em 1998 para permitir às mães que trabalham e que não têm com quem deixar seus filhos, a disponibilidade de um local para deixá-los enquanto lutam pelos seus sustentos e o de suas famílias.

Inicialmente tentamos um projeto de Creche Comunitária, totalmente gerida pelas próprias mães da comunidade, porém este esquema não deu certo devido aos grandes desentendimentos que não foram contornados pelo grupo gestor. Assim a Creche foi fechada e no ano seguinte reaberta com gestão particular e própria dos principais financiadores do Projeto.  



Ultimamente temos trabalhado com algumas que nos são encaminhadas pelo Conselho Tutelar, por se encontrarem em “situação de risco”, porém estamos disponibilizando vagas para mais 40 crianças na faixa etária de 6 anos que já estejam matriculadas na rede pública em um dos períodos para acompanhamento de estudos.

Neste caso pretendemos criar  duas turmas de 20 crianças em cada período. Na creche elas contarão com acompanhamento especialmente voltado as habilidades que estejam sendo trabalhadas na escola. As vagas já estão disponíveis. 


O atendimento a essas crianças encaminhadas pelo conselho e que se encontram em "situação de risco" é totalmente gratuito (infelizmente até o momento não recebemos nenhuma subvenção governamental e a mautenção do serviço prestado`à comunidade é realizada a partir de doações).


As crianças atendidas recebem quatro refeições balanceadas (reduzimos a zero o índice de desnutrição que era bastante elevado por ocasião da matrícula das crianças), tomam banho, dispõem de parquinho, brinquedoteca, sala de TV e Vídeo.


Recebem ainda, por orientação de Terapeutas Holísticos voluntários, medicação homeopática e/ou fitoterápica, com resultados muito positivos.


Conseguimos reduzir significativamente, nas crianças atendidas pelo Projeto, o índice de resfriados, gripes, bronquites, pneumonias, problemas digestivos, diarréia, dermatites (sarnas, coceiras em geral) e escabiose (piolhos) que eram muito freqüentes nas crianças.


A nossa Filosofia

Nossa filosofia é marcada por idéias sócio-interacionistas, que entendem o valor das interações para a construção de novos conhecimentos como um processo dinâmico e ativo, mas principalmente, é influenciada pelos ideais construtivistas, que compreendem o desenvolvimento cognitivo do ser humano, idéias defendidas por Vygotsky e Piaget. As Teorias de Aprendizagem desses dois pensadores, determinam a filosofia educacional da creche, tendo em vista sua auto-realização, inspirando-se nos princípios de liberdade e solidariedade.
Nesse contexto, a criança é vista como principal ferramenta de trabalho da ação pedagógica. Ela deve ser orientada para ser sujeito do seu próprio processo de conhecimento, criando-se situações favoráveis que permitam as interações Sujeito-Objeto, baseadas em oportunidades de explorações, reorganização, trocas...
A criança é percebida como ser ativo, atento e criativo, elaborando hipóteses sobre seu ambiente dentro e fora da creche. Portanto, durante a seleção e o desenvolvimento de atividades que fazem parte da organização do processo ensino-aprendizagem,  nos preocupamos na adequação dessas atividades a cada faixa etária e suas necessidades específicas, bem como seus estágios de desenvolvimento cognitivo. O educador deve organizar sua prática de forma a facilitar a construção da identidade, os processos de socialização e o desenvolvimento da autonomia das crianças.
A Creche procura contribuir para que as crianças trilhem caminhos para uma moralidade saudável com valores éticos que fundamentam toda a existência humana, ou seja, uma moralidade que faça parte de sua retórica, mas principalmente que esteja presente em suas atitudes, caminhando para a concretização do bem.  
Adotando como opção metodológica Temas Geradores, o que viabiliza a construção de uma proposta curricular que permita uma abordagem interdisciplinar que desenvolva Temas Transversais - como ética, educação, pluralidade cultural, inclusão, qualidade de vida, etc – com o objetivo de formar um cidadão completo, consciente do valor de sua participação no momento histórico e nas questões sociais em geral. Esses temas são correlacionados às atividades pedagógicas de forma significativa para a criança.
O aprendizado é visto como um processo contínuo. Não existe momentos “stanques”. A criança começa a aprender desde o primeiro contato com o objeto de conhecimento. O desejo é fundamental nesse processo, onde a ação do sujeito é fator primordial dentro desse mecanismo de descoberta.
Dentro da filosofia da Creche, o brincar é visto como uma das atividades mais importantes da infância. Além de uma atividade natural nesse momento, o brincar proporciona desenvolvimento cognitivo, emocional físico e social, oferecendo aprendizado ao indivíduo que brinca. Dessa forma, o brincar deve ser inserido dentro de um projeto de trabalho de forma a qualificar essa atividade. Os momentos de brincadeiras devem ser transformados em ocasiões para pesquisar o desenvolvimento dos alunos e planejar atividades e estratégias para potencializar as aprendizagens.
Oferecendo um ensino mais humano, voltado ao real interesse dos alunos, a Creche procura torná-los agentes do processo educacional. Propõe atividades e jogos criativos procurando maior integração entre áreas afins e um completo desenvolvimento das crianças. O importante é oportunizar que a criança relacione-se, crie, invente, construa e, acima de tudo, divirta-se, através de novos momentos de comunicação dos conteúdos, que devem ser apresentados de forma criativa.
Os jogos são muito utilizados, pois enchem de significado o processo de ensino e aprendizagem e facilitam o trabalho de construção do conhecimento. Com o auxilio dos jogos, a Creche procura criar interesse e gerar uma atmosfera lúdica dentro e fora da sala de aula. O modo mais atraente é aquele que oferece as crianças a vivência, através de experiências e atividades expressivas e criativas. Buscando uma educação baseada na troca de experiências e no desenvolvimento do senso crítico da criança.
Os trabalhos e atividades devem ser vistos como grandes oportunidades de exploração do coletivo e valorização do grupo. Dessa forma, as interações e as trocas – tão ricas e preciosas dentro do processo de aprendizagem – são favorecidas.
O ensino da Matemática deve conseguir despertar curiosidade e criatividade, estimulando o espírito investigativo e desenvolvendo naturalmente na criança a capacidade de resolver problemas, de levantar questões e verificar suas possibilidades. A resolução de problemas é um rico caminho dentro dos conteúdos e métodos matemáticos sugeridos pelo PCN, já que a criança é levado a desenvolver estratégias próprias, a comparar possibilidades e a desenvolver habilidades para alcançar resultados. Dentro desse processo, questões do dia-a-dia são levantadas, mostrando que a matemática faz parte do cotidiano de todos nós.
 A partir de conhecimentos já adquiridos, presentes em seu meio, as crianças devem organizar o raciocínio em busca de novos horizontes. Interagindo conhecimento prévio com o que é assimilado, todos criam, inventam e transformam. O conhecimento que resulta dessa interação é a operação mais importante dentro de todo esse processo. Dessa forma, obter a “resposta correta” não é o fato mais importante na construção de conhecimento, e sim o caminho percorrido até essa resposta. Dessa forma, o erro é interpretado como um caminho na busca pelo acerto.
O estudo de História e Geografia não está preocupado apenas com a apresentação de datas comemorativas e históricas, de fatos únicos e isolados, de curta duração, e grandes feitos realizados por heróis e vencedores. Pelo contrário, procuramos fazer com que as crianças compreendam o espaço onde vivem e a relação desse espaço com o ser humano (enchentes, desabamento...), além de entender seu cotidiano e tudo o que faz parte dele. Aprender a “ver” os aspectos sociais com olhar crítico entendê-los e transformá-los se for preciso. Sensibilizando as crianças para os fenômenos e regras sociais e fazendo com que eles construam e tenham consciência de sua identidade. Formando cidadãos críticos, participativos e compromissados com os aspectos sociais.
Já em Ciências, a preocupação se volta para o mundo natural que nos cerca. A educadora questiona, pergunta, levanta dúvidas que levam à exploração e a ação. As atividades buscam sempre o concreto, a vivenciação e a experimentação.
Procuramos oferecer uma educação transformadora, criativa e libertadora que deve ter como pressuposto a formação de futuros alunos-capazes, já que é a partir da apropriação do conhecimento que o indivíduo será capaz de compreender o significado do mundo e conseguir caminhar com autonomia contra um discurso globalizado que difunde a linguagem como forma de dominação. 


Nossos Objetivos 

Pedagógicos:
  • Promover um processo de aprendizagem respeitando os ritmos e capacidades de cada criança
  • Promover uma variedade de atividades que ajudem a criança a cultivar responsabilidade
  • Promover a qualidade no relacionamento entre as crianças e o desenvolvimento de valores para a vida futura
  • Encorajar o trabalho em equipe
  • Criar um ambiente seguro e divertido onde as crianças aprendam enquanto brincam
Participação da Família:
  • Estabelecer uma relação de confiança com as crianças e famílias
  • Permitir aos pais ou familiares um período de adaptação progressiva de modo a facilitar a adaptação da criança e minimizar a angústia da separação
  • Promover um relacionamento próximo entre a família e a creche
  • Promover contatos com a comunidade
Nosso Diferencial

 A Creche Espírita Ponto de Luz tem alguns pontos que a diferencia de outras creches:
  • Trabalhamos com pessoas que se importam de verdade com seu filho (a)
  • Assistente Social que acompanha as famílias caso haja necessidade
  • Pedagoga que orienta o trabalho pedagógico e auxilia na direção da Creche
  • Educadoras em formação permanente na área de educação
  • Demais funcionários que tem consciência de sua função de educadores e portanto colaboram com todo o processo educacional.  
  • Orientação pedagógica para as educadoras da creche
  • São 4 refeições diárias oferecidas pela creche 
  • Horário de Segunda à Sexta de 7:30 às 17:30 horas - Horário integral 
  • Turmas de meio período  para crianças que iniciaram os estudos na rede de ensino regular com acompanhamento de estudos - 
    • Horário de segunda a sexta:
    • Matutino - 7:30 às 12:30 (conforme combinado com os responsáveis) 
    • Vespertino - 12:30 às 17:30  (conforme combinado com os responsáveis) 
  • Atendimento homeopático gratuito se necessário
  • Assistência psicológica gratuita se necessária
  • Acompanhamento, encaminhamentos e apoio para famílias que passam por problemas com dependência química
  • Atendemos à matrículas o ano todo conforme disponibilidade de vagas

O que trabalhar na creche?


Campanhas...

Não à erotização infantil!
Nâo à erotização infantil ! Pedofilia é crime !Pedofilia é crime !

PROCURA-SE

A AMAI gostaria de desenvolver um trabalho com a comunidade de Santa Maria ensinando as crianças, jovens e quem mais esteja interessado, de produção de GRAFITE, caso você saiba grafitar e tenha interesse em fazer um trabalho VOLUNTÁRIO com nossa equipe, entre em contato conosco, estamos aguardando. Estamos em Brasília nas Segundas feira a partir de 19:00hs as 20:30hs na Paróquia Nossa Senhora Consolata e em Santa Maria aos Domingos a partir de 14:00hs esperamos por você!